Após reunião, prefeita e vereadores vão à capital tentar solucionar transferência administrativa de escola em Cerejeiras

Secretária de Educação explicou que município tem plenas condições de assumir a gestão da Floriano Peixoto.

Rildo Costa / Folha do Sul
Publicada em 10 de janeiro de 2019 às 10:06
Após reunião, prefeita e vereadores vão à capital tentar solucionar transferência administrativa de escola em Cerejeiras

Foi realizada, na noite desta terça-feira, 08, uma reunião para tratar da possível (e muito provável) transferência administrativa da escola estadual de ensino fundamental Floriano Peixoto do estado de Rondônia para o município de Cerejeiras. Ou seja, a responsabilidade pela escola não seria mais do governo estadual, mas do poder público municipal cerejeirense.
 
Participaram da reunião os pais de alunos da escola Floriano Peixoto, alguns vereadores, a prefeita em exercício de Cerejeiras, Lisete Marth (PV), e a secretária de Educação do município, Zenilda Mendes.
 
Na reunião, a prefeita em exercício, Lisete Marth, explicou o plano e disse que o projeto de transferência administrativa da escola do estado para o município é de desde 2016. A prefeita também esclareceu que não é o município que pediu a transferência, mas que foi uma imposição da lei, que regulamenta que a educação básica, da creche ao 5º ano, é e responsabilidade dos municípios.
 
A secretária de Educação de Cerejeiras, Zenilda Mendes, explicou que o município tem plenas condições de assumir a gestão da Floriano Peixoto.
 
Na reunião, ficou decidido que a prefeita Lisete Marth e alguns dos vereadores irão a Porto Velho para conversar com o secretário estadual de Educação e, possivelmente, com o governador de Rondônia, Coronel Marcos Rocha (PSL).
 

Envie seu Comentário

 

Comentários

    Seja o primeiro a comentar

Envie Comentários utilizando sua conta do Facebook