Brasil é um dos países mais caros do mundo para se ter um carro 0 km

Custo veicular é 441,39% maior do que a renda anual média dos brasileiros

Guilherme Dalbem/Imagem: reprodução/internet
Publicada em 14 de outubro de 2021 às 11:27
Brasil é um dos países mais caros do mundo para se ter um carro 0 km

Levantamento feito pelo site britânico Scrap Car Comparison, especializado em comparação de preços veiculares na Europa, colocou o Brasil em 5º lugar no ranking de países com maiores custos na compra e manutenção de veículos, ficando atrás somente da Turquia, Argentina, Colômbia e Uruguai.

No Brasil, o custo do veículo representa 441,89% do salário anual médio da população. Logo, um brasileiro precisa desembolsar 4,4 vezes seu salário anual para adquirir um veículo zero km básico e mantê-lo em funcionamento.

Imagem: reprodução/DOK Despachante. Com informações retiradas do Detran.SC. Ilustração: Bruna Florentino.

A pesquisa considerou preços de carros novos e as principais despesas de proprietários para manter um veículo (contratação de seguros, abastecimento e manutenção veicular), em 40 países diferentes. As informações foram retiradas dos sites numbeo.com e autocustos.com, especializados em custo de vida e preço de veículos, respectivamente. O objetivo principal é comparar despesas veiculares com a renda de cada país, e entender o quanto as pessoas precisam desembolsar do seu salário para comprar e manter um carro próprio.

Falando em valores

Segundo informações da FGV Social (Fundação Getúlio Vargas), o salário anual médio do brasileiro no primeiro trimestre de 2021, era de R$ 11.940,00, ou R$ 995,00 mensais.

Fazendo a cotação de despesas, um brasileiro paga em média R$ 52.440,00 para comprar e manter um veículo por um ano. Desse total de custos, R$42.990,00 representam o valor de um veículo zero km, usado na pesquisa do site Scrap Car Comparison; R$4.00,00 são de despesas com gasolina rodando 500 km ao mês e com rendimento de 10,5 km por litro; R$4.800,00 pela contratação de um seguro auto sem personalização ou informações do condutor, e R$650,00 para manutenção preventiva que gira em torno de 1,5% do valor total do veículo no primeiro ano de uso.

Imagem: reprodução/DOK Despachante. Com informações retiradas do Detran.SC. Ilustração: Bruna Florentino

Envie seu Comentário

 

Comentários

    Seja o primeiro a comentar

Envie Comentários utilizando sua conta do Facebook