Brasileiros superaram autorizações de residência concedidas por Portugal no ano passado

A partir de 2022, o governo incentivou o investimento no interior do país e baixou o preço mínimo de investimento para áreas de menor densidade

Da redação/ Foto: Divulgação
Publicada em 13 de outubro de 2021 às 14:34
Brasileiros superaram autorizações de residência concedidas por Portugal no ano passado

Os brasileiros lideram a lista de autorizações de residência concedidas por Portugal no ano passado, passando na frente do Reino Unido com quase 30 mil autorizações a mais. Os cidadãos da nação sul-americana obtiveram 41.990 autorizações em 2020, de acordo com dados recolhidos pelo Serviço de Estrangeiros e Fronteiras de Portugal (SEF). Não é surpresa que o maior país de língua portuguesa continue a dominar a lista de cidadãos que desejam residir em Portugal, especialmente porque o governo português renovou seus esforços para atrair os brasileiros a se mudarem para o país (e o governo brasileiro também renovou esforços para espantar seus cidadãos).

Reformas no famoso esquema do Golden Visa podem ter algo a ver com o amor dos brasileiros pela pequena nação europeia, além da língua compartilhada e semelhanças na cultura. A partir de 2022, o governo incentivou o investimento no interior do país e baixou o preço mínimo de investimento para áreas de menor densidade. Os brasileiros agora também podem se candidatar a assistência financeira quando se escolherem se mudar para o interior de Portugal, enquanto que tal auxílio era anteriormente apenas para residentes nas cidades costeiras de Portugal. Cidadãos do Brasil que desejem se mudar agora podem receber até € 4.827 (R$ 29.800) em assistência do governo para facilitar a mudança. Dados da Imovirtual indicam que a maior parte do tráfego estrangeiro vem do Brasil e que a maior população de brasileiros que procuram imóveis é de 25 a 34 anos. Esses jovens brasileiros geralmente procuram apartamentos nas maiores cidades costeiras de Portugal, como Lisboa, Porto e Braga, e pelas oportunidades de carreira e emprego que vêm com essas cidades europeias modernas.

Lisboa é a cidade mais em alta na lista de cidades pesquisadas pelos brasileiros. O preço médio do aluguel de um apartamento em Lisboa está cotado em 1.272 € em setembro de 2021, o que é quase quatro vezes o preço médio de um apartamento no interior do país. No entanto, quando comparado com outras capitais da Europa Ocidental, como Londres e Paris, os € 1.272 de Lisboa logo parecem uma pechincha. Os preços de aluguel de Lisboa são 56,46% mais baixos, em média, do que Londres, e 36% mais baixos do que Paris. O mercado imobiliário na cidade não foi excessivamente inflacionado pelos bilionários russos e ainda é acessível ao cidadão comum. Outros brasileiros também podem ser atraídos para a cidade como resultado da próspera comunidade brasileira, já que cerca de 120.000 brasileiros vivem em Lisboa. A cidade se tornou extremamente popular entre os expatriados e nômades digitais como resultado de sua combinação de céus ensolarados, alta velocidade de internet e conexão com o resto da Europa e o mundo.

Envie seu Comentário

 

Comentários

    Seja o primeiro a comentar

Envie Comentários utilizando sua conta do Facebook