Caminhoneiros, heróis de quem?

O movimento paredista que colocou o governo golpista de Michel Temer na lona não foi realizado somente pelos caminhoneiros. E mais uma vez a população alienada do Brasil engoliu mosca.

Professor Nazareno*
Publicada em 28 de maio de 2018 às 11:51
Caminhoneiros, heróis de quem?

O movimento paredista que colocou o governo golpista de Michel Temer na lona não foi realizado somente pelos caminhoneiros. E mais uma vez a população alienada do Brasil engoliu mosca. Vi até jornalistas tecer loas aos profissionais do volante como se eles fossem verdadeiros heróis. Não são. O problema é que o povo está muito insatisfeito com o atual governo golpista e qualquer um que o enfrente receberá aplausos e apoio. Os caminhoneiros que são donos do seu próprio veículo não totalizam nem um terço do total. Óbvio que todos eles praticamente fizeram parte do movimento, porém o grosso das reivindicações foi dos empresários do setor que controlam hoje mais de 60 por cento de todo o transporte só de cargas de todo o país. Se somarmos a isso o transporte de passageiros percebe-se a importância dos caminhoneiros na atual greve.

Sem leitura de mundo, semianalfabetos, eleitores do Bolsonaro, pobres e com pouquíssima informação política, muitos desses motoristas foram usados como massa de manobra pelos donos das transportadoras. A maioria deles pedia em cartazes a volta dos militares, dentre outras aberrações. Ou seja, “faziam greve para exigir o direito de não fazer greve”. Onde eles leram que militares permitem greve? É como insetos festejando a compra de inseticidas. Talvez alguns entendam a burrice que estavam fazendo se os militares tivessem agido em cima deles para desbloquear estradas. Como aplaudir grevistas se o prejuízo total desta greve passará dos 10 bilhões de reais? Só as concessões dadas pelo governo aos “caminhoneiros” ultrapassarão a incrível marca de 21 bilhões de reais, tudo isto dinheiro que sairá de nossas costas, os contribuintes.

Mas de certa maneira essa paralisação é justa, pois ninguém aguenta mais tantos impostos sem ter o retorno. Segundo o economista Eduardo Gianetti da Fonseca, “esse movimento dos caminhoneiros pode ser o embrião de uma rebelião tributária, que ocorre quando a população deixa de aceitar a legitimidade do governo para cobrar impostos”. É preciso também questionar qual a função da Petrobras: enriquecer os acionistas ou atender aos brasileiros, seus legítimos donos? Pedro Parente, o presidente da estatal é do PSDB, o partido do sumido prefeito Hildon Chaves, de Aécio Neves e da deputada Mariana Carvalho. Parente criou uma política de preços absurda e impopular. Havia até dois aumentos diários nos preços dos combustíveis. Ou seja, ele armou uma bomba relógio que explodiria a qualquer instante. Os sábios tucanos não previram isto?

Estamos aplaudindo o herói errado, ficamos satisfeitos com a sua coragem, mas vamos pagar a conta. Nós brasileiros já estamos acostumados a ser enganados pela História: em 1964 acreditamos que foram os militares que deram o golpe. Tudo aquilo foi trama da elite civil e dos grandes empresários do país, que com medo do avanço do comunismo usou os militares como bucha de canhão para salvar suas riquezas. Os ricos preservaram seu patrimônio e o ônus ficou somente para a turma de farda. Com os caras pintadas foi a mesma coisa: a Globo convenceu os tolos brasileiros de que eram os estudantes que estavam à frente daquele movimento para tirar o Collor da Presidência quando era a própria Globo e parte da elite que não estavam mais satisfeitas com “elle”. Os brasileiros precisam acordar e ir às ruas gritar por seus direitos. Seria legal uma nova insurreição para não pagarmos a conta por toda esta “festa” que estamos aplaudindo.

*É Professor em Porto Velho.

Envie seu Comentário

 

Comentários

  • 1
    image
    Marcelo 28/05/2018

    Vejo gente chamando apoiadores do Bolsonaro de semianalfabetos, então os apoiadores do PT (esquerda) e PMDB (direita) são o que? E quem critica a intervenção militar é porque deve estar gostando do caos que vivemos hoje pois estão se iludindo se acham que na base do voto vão mudar algo aqui no Brasil, digo isso referentes a mudanças de verdade, propostas por exemplo como as apresentadas por Bolsonaro e não a mesma conversa fiada dos outros candidatos a Presidência.

  • 2
    image
    Juan silva Taborja 28/05/2018

    Sr. Nazareno, se me permite, gostaria de agir como o senhor sempre faz, ou seja, adora rotular as pessoas [ no caso os caminhoneiros semianalfabetos ] de maneira depreciativa e irresponsável. Vejo que te falta argumentos plausíveis para comentar os fatos de relevância do nosso cotidiano. Quase sempre foge do assunto principal para criticar o atual governo, que também é péssimo e ruim, aliás, vice há muito daquele que o senhor ora defende fervorosamente (PT). Sinto que o senhor ainda não assimilou o "golpe" sofrido - Prisões dos quadrilheiros do PT que, vejam só: saquearam a empresa Petrobrás - e tenta, a todo custo, se agarrar numa militância fadada ao fracasso, pelo menos aqui neste veículo de informação. Quem lê seus artigos fica com a impressão de que o nobre jornalista não passa de mero lacaio. Aconselho o senhor a ter respeito àqueles que não detém o nível de conhecimento adquirido por vossa senhoria. Ah, devo adverti-lo que o seu ídolo maior ( o semideus condenado, Sua Excelência, o ex-presidente, Sr. Luiz Inácio Lula da Silva, é semianalfabeto também.

  • 3
    image
    edgard alves feitosa 28/05/2018

    Uma perguntinha: quem vai pagar a conta da redução do combustível??? Sim, os caminhoneiros conseguiram a redução do preço do óleo diesel; conseguiram um “piso mínimo para o frete”; até aí, tudo bem, tudo ótimo; mas a lambança tem que ser paga; quem pagará a conta??? O governo federal disse que a diferença entre o preço do combustível da Petrobrás e a redução, será paga pelo Tesouro Nacional; quem é este ente chamado “Tesouro Nacional”?? Ora, ora, nada mais do que o sempre espoliado e escalpelado CONTRIBUINTE; sim, a festança dos caminhoneiros será bancada por nós os sempre “sifu” contribuintes; seja pelo aumento de impostos: e só os consumidores pagam impostos, pois os empresários não pagam impostos, pois ou repassam os custos em suas planilhas; ou sonegam ou são beneficiados com subsídios, incentivos fiscais ou isenções, ou perdão de dívidas, como as recentemente aprovados pelos “representantes do povo”; por outro lado, o governo acena com a oneração (“reoneração”) da folha de pagamento; qual o impacto? Do mesmo jeito os empresários repassam para seus custos esta oneração; mas pode também, ocorrer que para diminuir os custos, os empresários demitam empregados; conclusão: caminhoneiros fazem lambança – produzindo bilhões de prejuízo à economia do Brasil (em plena estagflação), mas a conta vai ser paga pelo contribuinte, que não vai usufruir de absolutamente nada, cabendo-lhe apenas dever de pagar, sem o direito de gozar, literalmente falando;

  • 4
    image
    Christian 28/05/2018

    Certíssimo professor. Concordo se o senhor não gosta do Bolsonaro tem o direito de se expressar. Isso é democracia. Eu não gosto do PT que aumentou o aparelhamento do Estado e vivemos esse caos graças a esse partido que acelerou o aprofundamento da crise brasileira.

  • 5
    image
    Milton Nogueira 28/05/2018

    Quando o articulista nivela os eleitores de Bolsonaro a semianalfabetos, gente sem leitura de mundo, está coberto de razão. O radical Jonas Júnior corroborou a tese. Mordeu a isca desnudou-se na radicalização e ausência de leitura de mundo.

  • 6
    image
    Pequeno Cidadão 28/05/2018

    Perfeita a sua colocação a respeito daqueles que pediram intervenção(golpe) militar durante a greve. Mais uma vez expondo o analfabetismo político dessa gente alienada que 'aprende' política através de grupo do WhatsApp, Veja, JovemPan e Globonews.

  • 7
    image
    FLORIANO BELARMINO DA SILVA 28/05/2018

    Você, certamente, tem conhecimento mas fazer juízo de valor para defender sua posição política só mostra de qual lado está; além disso menospreza os caminhoneiros chamando-os de " semianalfabetos, pobres e com pouquíssima informação política" esses homens carregam esse país, eles merecem respeito; eles podem até Não terem tido a oportunidade de estudar, mas tenho certeza que sabem o por que estão engajados nessa manifestação, uma coisa é ver o mundo através da história escrita; outra, bem diferente, é vivenciar a história na prática.

  • 8
    image
    FLORIANO BELARMINO DA SILVA 28/05/2018

    Você, certamente, tem conhecimento mas fazer juízo de valor para defender sua posição política só mostra de qual lado está; além disso menospreza os caminhoneiros chamando-os de " semianalfabetos, pobres e com pouquíssima informação política" esses homens carregam esse país, eles merecem respeito; eles podem até Não terem tido a oportunidade de estudar, mas tenho certeza que sabem o por que estão engajados nessa manifestação, uma coisa é ver o mundo através da história escrita; outra, bem diferente, é vivenciar a história na prática.

  • 9
    image
    DE SOUZA 28/05/2018

    Professor que envergonha a sua classe, não faz nada pra mudar o Brasil e ainda abre sua boca pra falar um monte de asneiras, só sabe criticar, vem pra rua também seu ignorante

  • 10
    image
    .... 28/05/2018

    Parabéns!

  • 11
    image
    Jonas Junior Sampaio 28/05/2018

    Até estava gostando da matéria, por ser uma visão diferente do senso comum, mas quando vc colocou "eleitores do Bolsonaro" parei de ler! Guarde suas opiniões pessoais para você e seja um jornalista imparcial!

Envie Comentários utilizando sua conta do Facebook