Conciliando produção agropecuária e conservação da floresta

Na COP26, Brazil Climate Action Hub sedia discussão sobre modelos sustentáveis e inovações de mercado para evitar desmatamento legal Amazônia brasileira

Ipam/Foto: Rogério Albuquerque/Ed. Globo)
Publicada em 08 de novembro de 2021 às 08:29
Conciliando produção agropecuária e conservação da floresta

Organizado pela sociedade civil brasileira dentro da COP26, o Brazil Climate Action Hub recebe nesta segunda e terça-feira (8 e 9/11) debates sobre novos modelos de produção agropecuária para conciliar a conservação da Amazônia.

Situado na Blue Zone, no pavilhão 47, e organizado pelo IPAM, o Instituto Clima e Sociedade (iCS) e o Instituto ClimaInfo, o Brazil Hub tem em sua programação diversos eventos, nos quais serão discutidos os principais desafios para a conservação da Amazônia e para a diminuição dos gases do efeito estufa.

8 de novembro

Debate - O futuro da Amazônia: conciliando produção agropecuária e conservação da floresta

Horário: 14h (Glasgow); 11h (Brasília)

Local: Brazil Climate Action Hub, Blue Zone, Hall 4, entrada 4B, Pavilhão 47

Com transmissão e tradução simultânea.

Participação: Painel 1 - André Guimarães (IPAM); Andreas Dahl-Jorgensen (NICFI); Ane Alencar (IPAM); Cristiano Oliveira (Klabin); Ana Paula Santos (FVPP); Painel 2 - Marcello Brito (Coalizão Brasil); Alex Saer (Ministério do Meio Ambiente da Colômbia); Alessandra Fajardo (Bayer); Glenn Bush (Woodwell Climate); Consórcio de Governadores da Amazônia Legal; Sineia do Vale (CIR).

Após décadas de desenvolvimento agropecuário apoiado pelo uso predatório da floresta, o Brasil precisará mudar sua abordagem política, econômica e social para evitar o colapso dos serviços ambientais na Amazônia e a chegada ao ponto de inflexão do bioma. Além da implementação estrita da legislação de combate ao desmatamento, os atores subnacionais precisam estar envolvidos na conservação do bioma, em planos e projetos de restauração e bioeconomia. O painel discutirá a necessidade de criação urgente de uma articulação internacional para investimentos na economia florestal, considerando seu papel essencial na contenção das mudanças climáticas e na sustentação dos meios de subsistência.

9 de novembro

Debate - Investindo na conservação da Amazônia: inovações de mercado para escalar impacto

Horário: 12h30 (Glasgow); 9h30 (Brasília)

Local: Brazil Climate Action Hub, Blue Zone, Hall 4, entrada 4B, Pavilhão 47

Com transmissão e tradução simultânea.

Participação: Dario Guarita Neto (AMATA e Ecoa Capital); Ilona Szabó (Instituto Igarapé); André Guimarães (IPAM); Jenny Xie (Wellington Management)

O evento promoverá um debate sobre o papel do setor privado e financeiro para mitigação de mudanças climáticas, inibição de atividades ilegais e o desenvolvimento de novos mecanismos que contribuam para a conservação na Amazônia, como o mercado de crédito de carbono e pagamento por serviços ambientais. O evento contará com a visão de pesquisa, mercado e investimentos para a gestão de riscos associadas aos negócios desenvolvidos na região amazônica, assim como soluções inovadoras que visam expandir a oferta de ativos ambientais baseados em carbono e na redução do desmatamento legal.

Envie seu Comentário

 

Comentários

    Seja o primeiro a comentar

Envie Comentários utilizando sua conta do Facebook