Depois de uma hora e meia mantendo família refém, bandido se entrega

O criminoso invadiu uma residência e segurou uma jovem pelo pescoço, mantendo-a como refém, exigindo a presença da imprensa, familiares e um advogado para que pudesse se entregar.

Tudorondonia
Publicada em 29 de março de 2018 às 10:10
Depois de uma hora e meia mantendo família refém, bandido se entrega

Porto Velho, Rondônia - João Gustavo S. S. (32) foi preso na tarde desta quarta-feira  (28), após fazer um arrastão em uma praça na Avenida Mamoré, em seguida trocou tiros com policiais militares e,  durante fuga,  se escondeu em uma casa e manteve três pessoas como reféns sob a mira de um revólver calibre 38,  dentro de uma residência localizada na Rua Rino Levi, próximo da Avenida José Vieira Caúla, bairro Esperança da comunidade, região leste de Porto Velho.

De acordo com informações dos policiais, o bandido  estava ocupando uma bicicleta e teria chegado em um box na Praça e anunciou o roubo,  levando um aparelho celular. Na fuga,  roubou uma bicicleta de uma estudante e acabou se deparando com uma viatura da PM.   Ele  tentou fugir e efetuou dois tiros contra os policiais,  que revidaram a injusta agressão, mas ninguém foi baleado. O criminoso invadiu uma residência e segurou uma jovem pelo pescoço,  mantendo-a  como refém, exigindo a presença da imprensa, familiares e um advogado para que pudesse se entregar.

A polícia atendeu as exigências. A  negociação foi feita pelo capitão da PM Amorim, que passou quase duas horas negociando com o homem. Este crgou a dizer que no quarto havia uma criança de 2 meses e que se a Polícia invadisse o local,  ele  a mataria. Assim que o advogado dele chegou no local, o bandido  jogou a arma e se entregou. Duas  jovens e a criança foram libertadas e receberam atendimento de uma equipe de resgate do Corpo de Bombeiros. O criminoso  foi retirado às  pressas e levado para a Central de Flagrantes, onde foi constatado que o mesmo estava portando tornozoleira eletrônica da Sejus e responde também pelo crime de roubo.

Envie seu Comentário

 

Comentários

    Seja o primeiro a comentar

Envie Comentários utilizando sua conta do Facebook