Em reestruturação, RioBeef de Ji-Paraná reconquista confiança de produtores

Para uma planta com potencial de movimentar mais de R$ 1 bilhão por ano, os valores que estão sendo pagos representam cerca de 5%, e a tendência é que ainda no primeiro semestre deste ano, a questão esteja sanada e a planta consiga operar em sua capacidade máxima

Que Notícias. com
Publicada em 02 de fevereiro de 2022 às 14:24
Em reestruturação, RioBeef de Ji-Paraná reconquista confiança de produtores

A reestruturação da planta do frigorífico RioBeef em Ji-Paraná, que teve início ainda em 2021, vem surtindo efeito. O Grupo Ozfrig, responsável pelo plano de recuperação começou a cumprir os acordos feitos com os pecuaristas e na última segunda-feira, 31, liberou o primeiro lote de pagamentos.

Para uma planta com potencial de movimentar mais de R$ 1 bilhão por ano, os valores que estão sendo pagos representam cerca de 5%, e a tendência é que ainda no primeiro semestre deste ano, a questão esteja sanada e a planta consiga operar em sua capacidade máxima.

Mesmo com os pagamentos em andamento, criou-se uma atmosfera de desconfiança em relação ao frigorífico, alimentada por grandes grupos como a gigante JBS, principal responsável pela falência de pequenas e médias plantas por todo o país. No caso de Rondônia, o cenário não é diferente. A planta da RioBeef tem um histórico de 129.600 cabeças anualmente, e vinha movimentando cerca de R$ 700 milhões por ano.

A média de compra por pecuarista é de 18 cabeças, com uma base ativa de 5.000 cabeças. É, portanto, considerada uma planta de porte médio, e atrapalha os planos de monopólio da JBS no Estado.

Com a paralisação temporária planejada para a reestruturação que estava programada, a concorrência agiu rápido, e baixou o preço da arroba do boi em Rondônia, que vinha sendo comercializado pelo mesmo preço do gado paulista. A defasagem no valor afeta principalmente os pequenos produtores, e isso interessa apenas aos grandes grupos que, sem concorrência, manipulam os valores.

Além disso, a RioBeef paga rendimento entre 56 a 57%, o que representa uma diferença de cerca de 7% no valor final. Parece pouco, mas os grandes frigoríficos ficam com essa margem a mais no lucro, representando milhões no fechamento do balanço anual. Na reestruturação que está em andamento, o rendimento será mantido.

Além disso, a planta já trabalha de olho na exportação para o mercado chinês, o que vai ampliar ainda mais a oferta de compra de gado em Rondônia.

A OzFrig também disponibilizou um escritório de atendimento ao pecuarista, na Rua Tiradentes, 359, em Ji-Paraná. E uma linha direta, a 69 99938.5938

MAIS LIDAS

COM A CANDIDATURA DE ALEX REDANO AO SENADO, RENATO PADEIRO CRESCE NA PREFERÊNCIA DO ELEITOR

QUENOTICIAS E REGIÕES19 de janeiro de 2022

Rede insustentável

POLÍTICA14 de janeiro de 2022

Mega operação da Polícia Civil é deflagrada nesta terça-feira em 4 cidades de Rondônia-(Jaru, Ariquemes, Campo Novo de Rondônia e Ji-Paraná).

POLICIAL11 de janeiro de 2022

INSCRIÇÕES SALÁRIOS E VAGAS ABERTAS JOVEM APRENDIZ CORREIOS 2022; VEJA

CONCURSOS E EMPREGO30 de janeiro de 2022

O brasileiro Ricardo Cesar Guedes foi acusado de roubar a identidade de William Ericson Ladd, um americano já falecido. De acordo com a denúncia apresentada contra Ricardo nos Estados Unidos, o brasileiro conseguiu emitir um passaporte em nome do american

POLÍTICA5 de janeiro de 2022

Fonte: ALAN ALEX

Envie seu Comentário

 

Comentários

    Seja o primeiro a comentar

Envie Comentários utilizando sua conta do Facebook