FGV admite falha no resultado do processo seletivo do TJRO

Diante do comunicado, o Tribunal de Justiça suspende o certame até a contratada regularizar as inconsistências

Assessoria de comunicação Institucional
Publicada em 04 de julho de 2021 às 17:20
FGV admite falha no resultado do processo seletivo do TJRO

A Fundação Getúlio Vargas, empresa contratada pelo Tribunal de Justiça de Rondônia para realizar Processo Seletivo Simplificado para contratação de pessoal por prazo determinado no âmbito do Poder Judiciário do Estado de Rondônia, admitiu, em comunicado publicado em página própria, falhas no sistema de processamento do resultado do certame. “A FGV identificou a inconsistência no seu sistema interno e está providenciando a devida correção, de responsabilidade própria”, justificou.

Ainda conforme a publicação, o sistema atribuiu o dobro da pontuação correspondente a experiência profissional, gerando divergência no resultado final dos candidatos que obtiveram nota nesse item. 

Diante disso, anunciou que fará o reprocessamento dos dados, com a correção das pontuações, bem como nova análise documental dos candidatos afetados. 

O TJRO foi informado e imediatamente suspendeu o certame até que todas as falhas fossem corrigidas e o resultado retificado. O Ato n. 577/2021, já assinado pelo presidente, desembargador Paulo Kiyochi Mori, homologa a suspensão e determina a resolução dos erros.

 

Comunicado da FGV na íntegra

Envie seu Comentário

 

Comentários

    Seja o primeiro a comentar

Envie Comentários utilizando sua conta do Facebook