Luciano Hang, dono da Havan, é condenado a pagar R$ 300 mil por ofensas à OAB

"Parecem porcos que se acostumaram a viver num chiqueiro, não sabem que podem viver na limpeza, na ética, na ordem e principalmente ajudar o Brasil", escreveu Luciano Hang em postagem de 2019

Brasil 247
Publicada em 29 de junho de 2020 às 21:11
Luciano Hang, dono da Havan, é condenado a pagar R$ 300 mil por ofensas à OAB

O empresário Luciano Hang, dono da Havan, foi condenado nesta segunda-feira (29) pela 2ª Vara da Justiça Federal em Florianópolis a pagar indenização no valor de R$ 300 mil por danos morais coletivos. A decisão tem relação com postagem do empresário em redes sociais que ofendiam a OAB e profissionais da advocacia.

A postagem, de janeiro de 20019, foi publicada no Instagram, Facebook e Twitter e afirmava que os profissionais da OAB pareciam "porcos". "Quanto pior melhor, vivem da desgraça alheia. Parecem porcos que se acostumaram a viver num chiqueiro, não sabem que podem viver na limpeza, na ética, na ordem e principalmente ajudar o Brasil. Só pensam no bolso deles, quanto vão ganhar com a desgraça dos outros. Bando de abutres".

Envie seu Comentário

 

Comentários

    Seja o primeiro a comentar

Envie Comentários utilizando sua conta do Facebook