Mulher tenta manusear arma de fogo, dispara acidentalmente contra a própria cabeça e está internada

Acidente doméstico aconteceu no distrito do Guaporé

Jéssica Chalegra/Folha do Sul/Foto: Carlos Mont Serrate/ Rota Policial News
Publicada em 05 de dezembro de 2019 às 17:43
Mulher tenta manusear arma de fogo, dispara acidentalmente contra a própria cabeça e está internada

Ao tentar manusear uma arma de fogo, uma mulher de 34 anos, identificada como Andreia Pereira Cavalcante, deu um tiro acidental na própria cabeça na manhã desta quinta-feira, 05. O caso aconteceu no distrito do Guaporé, que pertence ao município de Chupinguaia e fica às margens da BR 364, a cerca de 90 km de Vilhena. A vítima foi socorrida após o acidente.
 
Informações dão conta de que a mulher estava um bar, que pertence ao seu marido, quando a disparo aconteceu. Ao tentar mexer na arma, ela fez o disparo acidental que a acertou na cabeça. O ferimento lhe causou intenso sangramento, e a vítima foi levada a um posto de saúde local. Mas, depois, foi encaminhada ao Hospital Regional de Vilhena.
 
O esposo dela, um homem de 45 anos, conhecido como “Acreano”, foi preso pela Polícia Militar, mas, já havia se desfeito da arma antes da prisão. Na delegacia ele disse que se tratava de um “trabuco” e deve responder pelo porte ilegal.

Envie seu Comentário

 

Comentários

    Seja o primeiro a comentar

Envie Comentários utilizando sua conta do Facebook