O DIA NA HISTÓRIA - 13 DE OUTUBRO!

1969 – Retornam as eleições a vereador nos municípios dos Territórios. Em Porto Velho, ainda como município do Amazonas, a última foi em 1926

Lúcio Albuquerque
Publicada em 13 de outubro de 2021 às 11:32
O DIA NA HISTÓRIA - 13 DE OUTUBRO!

COMEMORA-SE: Dia Mundial do Escritor. Dia Internacional para a Redução de Desastres. Dia Nacional do Fisioterapeuta e do Terapeuta Ocupacional.
Católicos lembram última aparição de Nossa Senhora de Fátima, São Teófio, Santo Eduardo e  Beata Alexandrina de Balazar.

RONDÔNIA: 1969 – Retornam as eleições a vereador nos municípios dos Territórios. Em Porto Velho, ainda como município do Amazonas, a última foi em 1926. Guajará-Mirim, instalado em 1929, seria a primeira. Os prefeitos continuaram nomeados.

BRASIL: 1867 — Estrada de Ferro Central do Brasil chega a Entre Rios (hoje Três Rios, RJ). 1890- O Barão de Drummond cria o jogo do bicho, no Rio de Janeiro. 1968- Morre o poeta brasileiro, Manuel Bandeira. 1982 — Começa a formação do reservatório da Usina Hidrelétrica de Itaipu.

MUNDO: 1843 — Nasce (EUA) a B'nai B'rith, organização judaica de serviços. 1884 —O meridiano de Greenwich torna-se referência para fusos horários. 1917 — O "Milagre do Sol" é visto por 70 mil pessoas na última aparição de Nossa Senhora de Fátima. 1930 — O Bispo de Leiria oficializa as aparições de Nossa Senhora em Fátima. 1941 – Nasce Paul Simon, compositor de The Sound of Silence e Mrs. Robinson. 1972 — Avião da Força Aérea Uruguaia cai nos Andes, com 28 pessoas com 16 mortos. 

FOTO DO DIA: Rondon, da aldeia em Mato Grosso, aparentado a índios, chega a oficial do Exército, participa de expedições que ligam o sertão brasileiro via telegráfica ao mundo, em 1952 indicado por Albert Einstein ao Nobel da Paz, chamado pelo ex-presidente Roosevelt (EUA) “o maior bandeirante do Século XX. Amigo de índios e de sertanejos, o nome de batismo era Candido Mariano da Silva, agregado o “Rondon” de um parente. Perseguido por Juarez Távora, um dos chefes da Revolução de 1930, chamado “vice-rei do Norte” Rondon foi preso. Seu nome é escrito em ouro maciço no Livro da Sociedade Geográfica de Nova Iorque. Marechal Honorário do Exército Brasileiro. Em 1957 indicado ao Nobel da Paz, pelo The Explorers Club (EUA). Patrono do Meridiano 52, das Comunicações e único patrono de um Estado brasileiro, Rondônia. Um pouco da obra e vida de Rondon, em Porto Velho, a 7 KM do centro da cidade no Bairro Santo Antônio, fica o Memorial Rondon, mantido pelo Exército, aberto de 3ª a domingo, das 10 às 16 horas.

Envie seu Comentário

 

Comentários

    Seja o primeiro a comentar

Envie Comentários utilizando sua conta do Facebook