Presidente Alex Redano destaca sessão histórica que aprova criação de fundo para a compra de vacinas

Deputado defende que a imunização é o caminho correto

Eranildo Costa Luna-ALE/RO Foto: Marcos Figueira-ALE/RO
Publicada em 08 de março de 2021 às 08:23
Presidente Alex Redano destaca sessão histórica que aprova criação de fundo para a compra de vacinas

O presidente da Assembleia Legislativa, Alex Redano (Republicanos), classificou como histórica a sessão extraordinária na tarde deste domingo (07), que aprovou a matéria, criando o fundo para a captação de recursos para a compra de vacinas contra o coronavírus. Pela primeira vez na história, uma sessão foi realizada num domingo pelo Parlamento Estadual.

"É uma sessão histórica, na tarde deste domingo. Participei de reuniões com os poderes e instituições, para a criação desse fundo e assumi o compromisso de votar a matéria, tão logo ela fosse enviada para a Casa. Temos esperança sim de que os municípios e estados comprem suas vacinas e apliquem na população. Rondônia sai na frente, aprovando o projeto, os poderes e a iniciativa privada poderão doar para o fundo, que prevê que se o recurso não for utilizado, vai retornar para a sua origem. Esse é o caminho: imunizar a nossa população e agradeço à disposição de todos os parlamentares nessa importante votação", destacou.

Redano em seguida anunciou que os deputados estão atentos à discussão de grupos prioritários para a vacinação, mas que esse tema deverá ser amplamente debatido na sessão ordinária da próxima terça-feira (09). "Os policiais militares, os policiais civis, os policiais penais, os coveiros, motoristas de ambulância, atendentes de farmácia, servidores da Agência Idaron e da Emater e os professores, são vistos como prioritários na vacinação e vamos discutir mecanismos que garantam essa prioridade", acrescentou.

Envie seu Comentário

 

Comentários

  • 1
    image
    Chico Bento 08/03/2021

    Parabéns. Que venha logo e acelere o processo de vacinação que está a passos de tartaruga doente. Esquece a ideologia política, não importa de onde vem a vacina, se da China, Afeganistão, Coréia do Norte, Cuba, ou até de Marte, sendo eficaz contra a COVID é o que basta. Simples assim.

Envie Comentários utilizando sua conta do Facebook