Projeto que incentiva apadrinhamento de crianças em abrigos começa a ser implantado no interior de RO

A primeira comarca visitada foi Machadinho d´Oeste que, por intermédio do Núcleo Psicossocial, organizou uma palestra dedicada aos atores sociais que lidam com a questão da infância e juventude.

Assessoria de Comunicação Institucional
Publicada em 26 de abril de 2019 às 15:12
Projeto que incentiva apadrinhamento de crianças em abrigos começa a ser implantado no interior de RO

Reunião da equipe em Machadinho d´Oeste

O projeto Apadrinhando uma História está em processo de expansão no interior de Rondônia desde segunda (22), por meio da Comissão Estadual Judiciária de Adoção (Ceja) da Corregedoria-Geral da Justiça de Rondônia e Prefeitura de Porto Velho. A intenção é implantar a iniciativa além da comarca de Porto Velho. O “Apadrinhando” sensibiliza e capta pessoas e instituições para se tornarem padrinhos e madrinhas de crianças e adolescentes em situação de acolhimento institucional.

A primeira comarca visitada foi Machadinho d´Oeste que, por intermédio do Núcleo Psicossocial, organizou uma palestra dedicada aos atores sociais que lidam com a questão da infância e juventude. Durante a palestra foi esclarecido o que é o projeto, o funcionamento e demais informações.

De acordo com a psicóloga Ingrid Veloso Félix, Machadinho conta com três crianças abrigadas, mas ela acredita que a iniciativa será importante para toda a região que engloba o município.

A assistente social Dione Marques sugeriu ampliar o apadrinhamento para jovens que estão passando por um processo disciplinar das medidas socioeducativas. “Dando oportunidade a eles de serem apadrinhados, eles poderão desenvolver maior responsabilidade social em seus atos e terão seus direitos garantidos”, disse.

A cuidadora do abrigo, Anadelia Rodrigues, concordou. “O projeto tem muito a agregar na vida dos jovens e crianças do município de Machadinho”, pontuou.

A equipe também visitou as comarcas de São Francisco e São Miguel do Guaporé.

O Projeto Apadrinhando uma História é uma iniciativa da Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas) e conta com o apoio do Tribunal de Justiça de Rondônia (TJRO), por meio da Ceja.

O projeto possui três modalidades de apadrinhamento: afetivo, destinado a padrinhos que visitam regularmente a criança ou adolescente, buscando-o para passar finais de semana, feriados ou férias escolares em sua companhia; provedor, que dá suporte material ou financeiro à criança e ao adolescente, seja com a doação de materiais escolares, calçados, brinquedos, seja com o patrocínio de cursos profissionalizantes, reforço escolar e prática esportiva; e o prestador de serviço, caracterizado por um liberal que se cadastra para atender as crianças e adolescentes participantes do projeto, conforme sua especialidade de trabalho, prestando o seu serviço.

Envie seu Comentário

 

Comentários

    Seja o primeiro a comentar

Envie Comentários utilizando sua conta do Facebook