Será que a campanha 2020 será assim?

Mesmo veemente, mas sempre educado, o deputado federal Léo Moraes fugiu dos seus padrões

Sergio Pires
Publicada em 25 de setembro de 2019 às 12:45
Será que a campanha 2020 será assim?

A política é um terreno pantanoso, onde nem tudo é o que parece e pessoas normalmente calmas e tranquilas, dependendo da situação, tornam-se duras e não se controlam. Aconteceu mais um episódio assim numa audiência pública, ocorrida na Assembleia Legislativa, quando se discutia as questões relacionadas com a falta de transporte escolar na Capital. Mesmo veemente, mas sempre educado, o deputado federal Léo Moraes fugiu dos seus padrões, no encontro, ao ofender e humilhar publicamente um assessor direto do prefeito Hildon Chaves, que se encontrava na plateia. O caso foi registrado pelo site Rondônia Dinâmica, que divulgou um vídeo em que Moraes chama Wolnei  Neves Junior, assessor direto de Hildon, com adjetivos agressivos como “bate pau’’, ‘‘leva e traz’’ e ‘‘inútil’’, palavras que não são comuns no vocabulário do parlamentar. Wolnei disse que não entendeu os ataques, já que estava no encontro apenas como assistente. Léo Moraes disse que não. Que o assessor estava filmando as pessoas que davam seus depoimentos, as constrangendo publicamente. Será esse o nível da campanha politica que vamos assistir no ano que vem, pela disputa da Prefeitura? Tomara que não!  

Envie seu Comentário

 

Comentários

  • 1
    image
    Carlson Lima 25/09/2019

    Votou a favor das reformas de Bolsonaro, ou seja, votou contra o povo brasileiro mas pobre e contra o trabalhador. Leo Imoral vai receber o troco nas urnas em 2020 próximo!

Envie Comentários utilizando sua conta do Facebook