Singeperon realiza reunião com deputado e manifesta preocupação com remuneração como prometida pelo governo de Rondônia

Durante a reunião, os membros da diretoria enfatizaram a preocupação da categoria em relação aos valores do reajuste, os quais destoam significativamente das expectativas

Assessoria/Singeperon
Publicada em 01 de dezembro de 2023 às 16:07
Singeperon realiza reunião com deputado e manifesta preocupação com remuneração como prometida pelo governo de Rondônia

A diretoria do Sindicato dos Policiais Penais e Agentes de Segurança Socioeducativos de Rondônia (Singeperon) realizou uma reunião de urgência com a presença do deputado estadual Edevaldo Neves e representante da Federação Nacional Sindical da Polícia Penal (Fenasppen), Luciano Poles, para abordar questões salariais e debater sobre os possíveis ajustes remuneratórios para as categorias, que têm demonstrado preocupação com a demora e disparidade de valores que vem sendo ventilados.

O encontro contou com a participação do presidente da entidade, Clebes Dias Ferreira; diretor financeiro Ednei Assis; secretária-geral, Waldclede Vieira; secretário-geral suplente, Werllesson Douglas; diretor de esporte, Lauro Pereira; e o diretor jurídico, Luciano Alexandre.

Durante a reunião, os membros da diretoria enfatizaram a preocupação da categoria em relação aos valores do reajuste, os quais destoam significativamente das expectativas. “Mesmo sabendo que não são ainda informações oficiais. Acreditamos que é um momento importante para o posicionamento oficial por parte do Governo Estadual para esclarecer a situação e dissipar a incerteza que permeiam as categorias”, comentou o presidente do Singeperon.

No encontro, também destacou-se a relevância desse possível reajuste salarial, que inicialmente estava alinhado ao plano de carreira das categorias, mas agora parece ser discutido como um realinhamento salarial. A divergência nos valores ventilados e a disparidade com outras categorias tem aumentado a preocupação dos profissionais, especialmente considerando a sobrecarga de trabalho e os problemas estruturais enfrentados. Tendo em vista ainda que a categoria está em último no ranking nacional de salários, ocupando a 28ª colocação, incluindo a União e o DF. O sindicato ressalta que os Policiais Penais e os Agentes de Segurança Socioeducativos são as partes essenciais que se encaixam para construir um sistema de segurança pública completo e eficaz.

O Singeperon vem acompanhando o tema e acredita em uma rápida manifestação oficial da equipe econômica estadual, seguindo o compromisso feito pelo governador em valorizar as Forças de Segurança Pública e equiparar Rondônia a estados com as melhores remunerações para a área. Esse posicionamento é necessário antes da votação da Lei Orçamentária Anual (LOA) do próximo ano, pois após esse período, durante o recesso parlamentar, torna-se consideravelmente difícil implementar mudanças significativas.

O Singeperon permanece atento aos desdobramentos dessa questão e está disponível para fornecer informações adicionais e esclarecimentos necessários.

Envie seu Comentário

 

Comentários

    Seja o primeiro a comentar

Envie Comentários utilizando sua conta do Facebook