A irresponsabilidade de quem deveria dar o exemplo

E o pior de tudo é que os exemplos (péssimos, por sinal) partem de pessoas dotadas de elevada capacidade e conhecimento da realidade social e que, por isso mesmo, deveriam ter a noção do perigo a que se estão expondo

Valdemir Caldas
Publicada em 21 de dezembro de 2020 às 13:13
A irresponsabilidade de quem deveria dar o exemplo

Chega a ser difícil acreditar, mas aí estão os exemplos para mostrar até que ponto alcança a irresponsabilidade de algumas pessoas, que parecem não ter a dimensão exata do momento delicado pelo qual passa o mundo diante de uma pandemia que já enlutou milhares de famílias e entulhou os leitos dos hospitais públicos e privados. 

Comportam-se como se nada estivesse acontecendo, como se vivêssemos na mais completa normalidade. Saem de casa sem máscara, não respeitam o distanciamento social, nem dispensam a balada do final de semana com os amigos. Não se tem dúvida de que a Covid-19 assusta, porém, o que não somente assusta como também causa indignação, é a desfaçatez de autoridades públicas, que deveriam dar o exemplo. Em vez disso, fingem ignorar o problema, indiferentes à dor daqueles que perderam seus entes queridos.

Depois, na maior cara de pau, aparecem nos meios de comunicação e nas redes sociais falando de boca cheia em paz, amor ao próximo e outras coisas do gênero, tentando convencer incautos de suas boas intenções. No fundo, são farsantes de carteirinhas, que pregam uma coisa, mas não praticam o que ensinam, como os fariseus descritos no livro de Mateus, que atavam fardos pesados e os colocam sobre os ombros dos homens, mas eles próprios não moviam um só dedo para ajudá-los.

E o pior de tudo é que os exemplos (péssimos, por sinal) partem de pessoas dotadas de elevada capacidade e conhecimento da realidade social e que, por isso mesmo, deveriam ter a noção do perigo a que se estão expondo e, de quebra, colocando em risco a vida daqueles que vêm seguindo fielmente as orientações dos profissionais da saúde, ou seja, só saindo de casa para resolver assuntos relevantes, mantendo o distanciamento social, usando máscara e álcool em gel. 

Envie seu Comentário

 

Comentários

  • 1
    image
    Josemar Freire Botelho 21/12/2020

    Valdemir Caldas vota no Bolsonaro e depois vai falar mal do mesmo. Isso é falta de educação, nobre articulista! Está cuspindo no prato que comeu? Onde já se viu falar mal do próprio presidente do país? Esse cara só pode ser COMUNISTA.

Envie Comentários utilizando sua conta do Facebook