Assista como é fácil para 'monitorado' com tornozeleira cometer crime e ficar impune em Rondônia

O sistema de monitoramento operado por uma empresa prestadora de serviços é falho, precário e favorece o crime, como provam os vídeos

Tudorondonia
Publicada em 14 de agosto de 2019 às 20:05
Assista como é fácil para  'monitorado' com tornozeleira cometer crime e ficar impune em Rondônia

Porto Velho, Rondônia -  Vídeos e mensagens que circulam em grupo de whatsapp de policiais e agentes penitenciários de Rondônia mostram como é fácil burlar o sistema de monitoramento de tornozeleira eletrônica de presidiários beneficiados judicialmente por esta medida.

Os vídeos demonstram que o monitoramento é falho e que favorece a atuação criminosa  dos “monitorados”, que rompem facilmente o lacre das tornozeleiras, deixam o equipamento carregando e saem para cometer assaltos, roubos e até homicídios.

O sistema de monitoramento operado por uma empresa prestadora de serviços é falho, precário e favorece o crime, como provam os vídeos.

A situação mais grave envolve apenados que moram em áreas não cobertas pelo monitoramento, como a zona rural.

Se é falho na cidade, nos sítios o sistema sequer monitora os apenados, que podem romper o lacre das tornozeleiras, vir para as cidades cometer crimes, depois retornar para a área rural como se nada tivesse acontecido. Eles só são descobertos quando a PM consegue prender alguém, como tem sido freqüente.

ASSISTA:

 

 

 

Envie seu Comentário

 

Comentários

  • 1
    image
    Laercio 15/08/2019

    Quem se beneficia com essas tornozeleiras? Só a empresa q fornece o equipamento e monitoramento e o criminoso que aproveita as falhas para infernizar a cidade. As pessoas de bem só perde, mas infelizmente é assim q o governo de Rondônia gasta o dinheiro da sociedade que ainda fica refém da criminalidade.

  • 2
    image
    Evaldo 15/08/2019

    O contrato com essa empresa tem que ser revisto, voltar para spececom a qual pensavamos que era ruim, agora a UE BRASIL conseguiu bater o record.

Envie Comentários utilizando sua conta do Facebook