COVID E NOVA CEPA DA GRIPE MATARAM NOVE RONDONIENSES EM POUCOS DIAS. SETE PESSOAS COM A H3N2 ESTÃO INTERNADAS EM UTIS

A gripe tem sintomas muito parecidas com a Covid e só um teste pode definir se o doente está apenas com a H3N2 ou com o vírus chinês

Sérgio Pires
Publicada em 28 de dezembro de 2021 às 08:33
COVID E NOVA CEPA DA GRIPE MATARAM NOVE RONDONIENSES EM POUCOS DIAS. SETE PESSOAS COM A H3N2 ESTÃO INTERNADAS EM UTIS

Nove vidas perdidas em poucos dias. Três delas apenas no domingo, quando a Covid 19 levou mais um trio de rondonienses. O vírus continua atacando, embora com menos força, mas prossegue sua sina de levar pessoas queridas, enlutando famílias. Agora, soma-se a ele mais cinco mortes pelo vírus H3N2, esta gripe superforte que está atacando dezenas e dezenas de rondonienses e de brasileiros de todas as regiões. Até a segunda-feira, além dos cinco óbitos (entre as vítimas, duas crianças, uma de dois e outra de quatro anos) 25 pessoas estavam internadas, sete delas em UTIs. A gripe influenza atacou com toda a força, inclusive pessoas que haviam sido vacinadas contra a H1N1, embora esta cepa que está atacando com tudo seja uma cepa diferente. O total de casos já chegou a 1.100, segundo a Secretaria de Saúde do Estado. O novo vírus ataca com força em várias regiões. No Rio de Janeiro, mais de 25 mil registros da nova doença já foram registrados até o final de semana, com cinco mortes. A nova gripe já foi detectada em pelo menos 17 Estados e no Distrito Federal. A doença já é considerada epidemia em Rondônia, Rio de Janeiro, Espirito Santo e Rio Grande do Norte. Os outros que registraram casos são São Paulo, Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Bahia, Pernambuco, Sergipe, Ceará, Distrito Federal, Paraíba, Goiás, Maranhão e Pará. Ao participar do programa Papo de Redação, na rádio Parecis FM, nesta segunda-feira, o secretário Fernando Máximo mostrou preocupação e pediu que os rondonienses tenham o máximo cuidado para não serem contaminados, porque a doença pode matar. A gripe tem sintomas muito parecidas com a Covid e só um teste pode definir se o doente está apenas com a H3N2 ou com o vírus chinês.

Envie seu Comentário

 

Comentários

  • 1
    image
    Carlos Santos 28/12/2021

    Em Ariquemes muitas pessoas foram contaminadas por esta influenza A, inclusive eu. Porém a Secretaria de Saúde não está divulgando os casos à população.

Envie Comentários utilizando sua conta do Facebook