DER avança no serviço de recuperação da RO-135, entre Alta Floresta d’Oeste e Porto Rolim do Guaporé

A rodovia é utilizada principalmente pelos amantes da pesca, produtores rurais e pecuaristas. Possui uma extensão de 138,5 quilômetros e está recebendo diversos serviços do DER

Ricardo Barros Fotos: Ricardo Barros Secom - Governo de Rondônia
Publicada em 30 de outubro de 2020 às 15:39
DER avança no serviço de recuperação da RO-135, entre Alta Floresta d’Oeste e Porto Rolim do Guaporé

A rodovia é utilizada por moradores e principalmente pelos amantes da pesca, produtores rurais e pecuaristas

A 5ª Residência Regional do Departamento Estadual de Estradas de Rodagem e Transportes de Rondônia (DER-RO), visando atender a determinação do governador, coronel Marcos Rocha e o Cronograma Anual de Manutenção de Estradas, intensificou os trabalhos nas rodovias estaduais não pavimentadas na região da zona da mata de Rondônia.

Uma dessas rodovias é a RO-135 no trecho que interliga o município de Alta Floresta d’Oeste ao Porto Rolim do Guaporé. A rodovia é utilizada por moradores e principalmente pelos amantes da pesca, produtores rurais e pecuaristas. Possui uma extensão de 138,5 quilômetros, e está recebendo serviços de reconformação da plataforma (patrolamento), revestimento primário (cascalhamento) em pontos críticos, saída de água/drenagem e instalação de tubos de aço (armco).

De acordo com o diretor-geral do DER, Elias Rezende, a rodovia 135 desde 2019 recebe uma atenção especial da equipe da 5ª Regional do DER. “No período do inverno amazônico, diversos trechos da RO-135 ficavam intrafegáveis com o transbordo de igarapés e rios que invadiam a pista. Homens e máquinas do DER trabalharam incansavelmente para levantar o eixo da pista e construir valas de drenagem nas laterais, proporcionando trafegabilidade durante o ano todo. Além de realizar o rebaixamento de diversos morros na vicinal”, ponderou.

Trechos críticos recebem revestimento primário (cascalhamento)

“A RO-135 é uma das portas do turismo rondoniense para o Porto Rolim do Guaporé e atrai pessoas de todo o Brasil e de outros países. O Governo de Rondônia mantém um cronograma de intervenções em rodovias não pavimentadas e pavimentadas, com diversas frentes de serviços em todo o Estado”, pontuou o vice-governador, José Jodan.

O secretário regional do Governo de Rondônia em Rolim de Moura, Adeilso da Silva, explicou que as estradas precisam estar em boas condições de trafegabilidade para o progresso do Estado. “As rodovias são importantes para a população no escoamento da safra agrícola, além de permitir que o cidadão exerça seu direito de ir e vir. Por elas que os moradores podem desfrutar dos serviços essenciais (saúde, educação e centros comerciais) que estão disponíveis nas áreas urbanas”, disse.

Envie seu Comentário

 

Comentários

    Seja o primeiro a comentar

Envie Comentários utilizando sua conta do Facebook