Governo inicia distribuição das 36.600 doses da CoronaVac às Regionais de Saúde do Estado

Conforme informado pela Agevisa, todas as etapas desenvolvidas devem estar de acordo com o Plano Nacional e Estadual de Vacinação contra a Covid-19

Paulo Ricardo Leal Fotos: Ésio Mendes Secom - Governo de Rondônia
Publicada em 08 de fevereiro de 2021 às 14:38
Governo inicia distribuição das 36.600 doses da CoronaVac às Regionais de Saúde do Estado

Novo lote de vacinas CoronaVac foi enviado pelo Ministério da Saúde ao Governo de Rondônia

O Governo de Rondônia iniciou a distribuição das doses de vacinas contra a Covid-19, para todas as Gerências Regionais de Saúde do Estado, nesta segunda-feira (8). O transporte via terrestre iniciou pelos municípios de Guajará-Mirim, Nova Mamoré, Candeias do Jamari, Itapuã do Oeste e Ariquemes. No decorrer da tarde, a distribuição será mantida para as demais Regionais de Saúde do Estado. Tratam-se de 36.600 doses do imunizante CoronaVac, produzido pelo Instituto Butantan em parceria com o laboratório chinês Sinovac. A nova remessa da vacina foi enviada a Rondônia pelo Ministério da Saúde, no domingo (7).

Essa é a quarta remessa de vacinas feita ao Estado, sendo o terceiro lote da marca CoronaVac. Na primeira remessa, foram entregues 49.208. O Estado recebeu outra remessa de 8.200 doses de imunizantes também da mesma marca. Rondônia recebeu ainda 13 mil doses da vacina AstraZeneca, desenvolvida pela Universidade de Oxford. Com o lote de 36.600 imunizantes entregue domingo ao Governo, totaliza 107.008 doses de vacinas enviadas pelo Ministério da Saúde.

Conforme informado pela Agência Estadual de Vigilância em Saúde de Rondônia (Agevisa), todas as etapas desenvolvidas devem estar de acordo com o Plano Nacional e Estadual de Vacinação contra a Covid-19. A Campanha Nacional de Vacinação contra a Covid-19 em andamento, incorporou até o momento os seguintes grupos prioritários: trabalhadores da Saúde do serviço público e privado, tanto da urgência quanto da Atenção Básica, envolvidos diretamente na atenção dos casos suspeitos e confirmados de Covid-19; população indígena aldeada, contemplada em 100%; e idosos institucionalizados.

A quarta remessa de vacinas entregue no domingo contém 36.600 doses, das quais 5.508 doses, serão para continuidade de vacinação de mais 6% dos trabalhadores da Saúde, para aplicação da 1ª e 2ª doses. Portanto, segundo levantamento, até o momento, do total geral de vacinas recebidas, 29.633 foram destinadas para os trabalhadores da Saúde, que equivale a um total de 64% em todo o Estado. Em documento enviado pela Agevisa, a nova remessa será utilizada para dar sequência ao público prioritário. O objetivo é que a vacinação comece a atender aos idosos de 90 anos ou mais, bem como idosos de 80 a 89 anos.

DESTINO DAS VACINAS

A exemplo das distribuições de vacinas das remessas anteriores, todo material partiu da Rede de Frio do Estado, em Porto Velho, escoltado pela força policial, com destino às Regionais de Ariquemes, Ji-Paraná, Cacoal e Vilhena. A de Rolim de Moura fará a retirada de suas doses na Regional de Saúde de Cacoal. Também foi programada a distribuição para Guajará-Mirim, Nova-Mamoré, Candeias do Jamari e Itapuã do Oeste.

Para reforçar as informações quanto ao procedimento, o coordenador Estadual de Imunização da Agevisa, Ivo Barbosa, massifica que é de competência dos municípios “cadastrar nominalmente os vacinados, executar a aplicação da vacina e alimentar diariamente as doses aplicadas no sistema de informação do Programa Nacional de Imunização do Ministério da Saúde”.

Envie seu Comentário

 

Comentários

    Seja o primeiro a comentar

Envie Comentários utilizando sua conta do Facebook