MP obtém condenação de homem a 25 anos de prisão pelos crimes de feminicídio e estupro de vulnerável

O crime ocorreu em março de 2022, na residência das vítimas, em Porto Velho

Gerência de Comunicação Integrada (GCI)
Publicada em 21 de novembro de 2023 às 14:20
MP obtém condenação de homem a 25 anos de prisão pelos crimes de feminicídio e estupro de vulnerável

O Ministério Público de Rondônia obteve a condenação a 25 anos e 6 meses de prisão em regime fechado de um homem por tentar matar sua esposa e a enteada, após ser pego tentando estuprá-la. O réu E.G de L foi condenado no final da tarde desta segunda-feira (20/11), na 1ª Vara do Tribunal do Júri da Comarca de Porto Velho.

Conforme o Promotor de Justiça Cláudio Colaço Villarim, que representou o caso, os jurados confirmaram que o acusado cometeu os crimes de homicídio qualificado tentado por duas vezes e estupro de vulnerável, com as qualificadoras de feminicídio, violência doméstica, na presença física de descendente da vítima – duas vezes, motivo torpe e recurso que dificultou a defesa da vítima.

O crime ocorreu em março de 2022, na residência das vítimas, em Porto Velho. Na noite daquele dia, o réu levou sua enteada de apenas 12 anos para o quarto e tentou praticar atos libidinosos com ela. O irmão mais novo da vítima presenciou o fato e saiu para chamar a mãe.

De acordo com a denúncia, ao chegar no quarto, a esposa do réu, tentando defender sua filha dos abusos sexuais, foi atacada de forma abrupta por golpes de faca. Ao ver a situação, a adolescente começou a gritar por socorro e também foi atacada por facadas, chegando a ficar com uma dela cravada na perna.

O integrante do MP defendeu ainda que o crime de feminicídio só não foi consumado porque houve a intervenção de terceiro e as vítimas receberam eficaz atendimento médico.

O júri teve duração de mais de 8 horas e foi presidido pelo Juiz Áureo Virgílio Queiroz.

Envie seu Comentário

 

Comentários

    Seja o primeiro a comentar

Envie Comentários utilizando sua conta do Facebook