OABRO denuncia à Polícia Civil golpes que bandidos estão aplicando usando indevidamente o nome da advocacia

Entre as medidas, será criado um canal de denúncias específico para casos dessa natureza, visando a coleta de informações sobre atividades fraudulentas relacionadas à advocacia

Ascom OAB/RO
Publicada em 10 de fevereiro de 2024 às 10:44
OABRO denuncia à Polícia Civil golpes que bandidos estão aplicando usando indevidamente o nome da advocacia

O presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) -Seccional Rondônia, Márcio Nogueira, a vice-presidente, Vera Paixão e o diretor-tesoureiro, Marcos Zani, realizaram uma visita à sede da Polícia Civil, para falar sobre os recentes golpes envolvendo o nome da advocacia rondoniense.

Recebidos pelo delegado-geral Samir Fouad Abboud, os diretores esclareceram que a crescente onda de golpes tem atingido a advocacia no estado e envolve a atuação de criminosos que fazem contato direto com indivíduos, informando a vítima sobre o processo que estaria em fase de liberação de valores. Os golpistas então informam que, para liberar tais valores, é necessário realizar o pagamento de taxas judiciais. Para dar credibilidade à fraude, os criminosos fornecem informações precisas sobre processos reais em que as vítimas estão envolvidas.

Essa série de golpes tem causado sérios danos à imagem da OAB e da advocacia em todo o país, levando a uma exponencial preocupação por parte das autoridades e da própria Ordem. Durante a conversa, o presidente Márcio Nogueira anunciou medidas concretas para combater esse tipo de crime.

Entre as medidas, será criado um canal de denúncias específico para casos dessa natureza, visando a coleta de informações sobre atividades fraudulentas relacionadas à advocacia. Todas as informações obtidas pelo canal serão repassadas à Polícia Civil, fortalecendo a parceria entre a OAB e as autoridades no combate a esses golpes. “Esta situação mancha a imagem da advocacia, mas prejudica, em especial, o cidadão que espera por esses recursos e, na expectativa de recebê-los, acaba caindo no golpe. Por isso, precisamos agir de alguma forma”, disse Márcio Nogueira.

A vice-presidente da Ordem, Vera Paixão, ressaltou a importância da colaboração entre a OAB e as instituições de segurança para coibir esse tipo de prática criminosa e proteger a população, alvo principal dos criminosos. “A OAB reafirma seu compromisso com a defesa da advocacia e da sociedade, e não pode ficar de braços cruzados. É preciso evitar qualquer prática que desvirtue a função da advocacia”, destaca Vera.

Da mesma forma, o diretor-tesoureiro Marcos Zani destacou a OAB Rondônia está buscando preservar a integridade da advocacia e garantir a confiança da sociedade no sistema de justiça. “A Ordem permanece vigilante e atuante na defesa dos interesses da classe, buscando medidas eficazes para coibir práticas fraudulentas que prejudicam a reputação dos advogados e comprometem a justiça”.

Comentários

    Seja o primeiro a comentar

Envie seu Comentário

 
Winz

Envie Comentários utilizando sua conta do Facebook