'Seu Clodoaldo' é homenageado na semana em que se aposenta do Tribunal de Justiça de Rondônia, após 41 anos de trabalho

Como reconhecimento pela contribuição do servidor, homenagens marcaram a aposentadoria do carismático servidor. Magistrados(as) e servidores(as) promoveram cerimônias marcadas pela emoção e reconhecimento

Assessoria de Comunicação Institucional
Publicada em 10 de fevereiro de 2024 às 10:59

A38A0742Uma vida dedicada à Justiça de Rondônia. Esse é o resumo da trajetória do servidor Clodoaldo Correia de Oliveira, que completou 41 anos de Tribunal de Justiça e essa semana se aposenta. Ícone de simpatia e elegância e dono de um estilo marcante de se vestir e receber o público, Clodoaldo completou 75 anos de idade. Como reconhecimento pela contribuição do servidor, homenagens marcaram a aposentadoria do carismático servidor. Magistrados(as) e servidores(as) promoveram cerimônias marcadas pela emoção e reconhecimento. 

O ato de aposentadoria de Clodoaldo foi publicado nesta sexta-feira, 9, e marcou o fim do ciclo profissional do servidor. No mesmo dia, uma cerimônia especial com a presença de magistrados(as) e servidores(as) do edifício-sede homenageou Clodoaldo. 

A38A0573

Clodoaldo recebeu das mãos do presidente do TJRO, desembargador Raduan Miguel Filho, que já havia prestado homenagem ao servidor em solenidade de posse na nova administração, um certificado de agradecimento. Mas o que deveria ser uma despedida, se tornou um momento de reconhecimento e valorização. O presidente convidou o servidor para se tornar colaborador voluntário na instituição. “Vamos continuar contando com ele e sua alegria na portaria do prédio. É uma forma de reconhecer o trabalho excepcional de pessoas excepcionais como ele”, destacou o magistrado. A secretária administrativa Elaine Bettanin e o secretário de Gestão de Pessoas Gustavo Nicoceli, além do superior direto de Clodoaldo, Fabiano Paiva, destacaram a dedicação do servidor à instituição, digna de exemplo a ser seguido. Emocionado, o servidor agradeceu ao carinho de todos. 

Na quinta-feira, 8, a despedida aconteceu na unidade onde Clodoaldo trabalhou nos últimos dias, um prédio anexo ao Tribunal de Contas do Estado, onde funcionam temporariamente setores do Judiciário. Um café da manhã marcou o momento. O corregedor geral da Justiça, desembargador Gilberto Barbosa, agradeceu o servidor pelos 40 anos de serviço ao TJ/RO e destacou a importância e o exemplo que deixa para todos (as). Para o magistrado, o servidor sempre foi e continuará sendo modelo para os colegas, por sua integridade, ética de trabalho e paixão pelo serviço público, os quais serviram como inspiração para todos. “Ele personifica os mais altos padrões de excelência e profissionalismo que todos devemos aspirar a alcançar”, disse. O desembargador José Antonio Robles também fez questão de ir até o prédio anexo para dar um abraço e homenagear Clodoaldo.

imagem mostra dezenas de pessoas, ao centro, senhor franzino, homenageado por sua aposentadoria

A trajetória de Clodoaldo no TJRO teve início em 28 de fevereiro de 1982, sendo integrante das primeiras turmas de servidores do Tribunal. Há mais de 20 anos, Clodoaldo é responsável por informar, auxiliar e recepcionar as pessoas na entrada do edifício-sede do Tribunal Justiça, sempre com muita prestatividade e simpatia. “Para mim, vai ser um pouco difícil não dar um ‘Bom Dia’ quando vocês chegarem. A minha trajetória aqui foi a melhor que poderia existir na minha vida. Neste local, construí um alicerce, fiz grandes amizades e levo esse legado do grande carinho de todos e todas por minha pessoa.”, comentou Clodoaldo.

Natural do Amazonas, ele chegou a Rondônia no final da década de 1970. Após trabalhar na Secretaria de Segurança, foi cedido para prestar serviço na Justiça Federal, ainda na época do Território e, então, quando instalado o TJRO, ingressou no quadro de servidores. De lá para cá, o senhor franzino, de sorriso fácil e feitio amistoso, encanta a todos com os figurinos mais elegantes e alinhados entre todos que frequentam os prédios da Justiça Rondoniense. Vale lembrar que sua paixão maior são os sapatos, mantendo uma coleção deles, a maioria feita sob medida, conforme o estilo do dono.

Conta que se acostumou com o convívio entre os colegas nessas quatro décadas dedicadas ao serviço público, tanto que nessa nova fase não deixará de visitar as unidades e rever as pessoas a quem cativou todos esses anos. 

Comentários

    Seja o primeiro a comentar

Envie seu Comentário

 
Winz

Envie Comentários utilizando sua conta do Facebook