Senado aprova MP que libera R$ 2,5 bilhões para o enfrentamento à pandemia

Relator da matéria, Marcos Rogério explica que recurso possibilitará a compra de mais vacinas contra a Covid-19

Assessoria
Publicada em 03 de março de 2021 às 17:48
Senado aprova MP que libera R$ 2,5 bilhões para o enfrentamento à pandemia

O plenário do Senado Federal aprovou, nesta quarta-feira (03.03), a Medida Provisória 1004/2020, que abre crédito extraordinário no valor de R$ 2,5 bilhões em favor do Ministério da Saúde para o enfrentamento à Covid-19.

De acordo com o relator da matéria e vice-líder do Governo no Congresso, senador Marcos Rogério (DEM-RO), o crédito extra viabiliza a compra de vacinas da Covid-19, por meio do consórcio internacional, liderado pela Organização Mundial de Saúde, o Covax Facitlity. O Programa assegura o acesso justo e equitativo de todos os países aos imunizantes que se mostrarem seguros e eficazes contra o novo coronavírus. “Com a MP aprovada, o Brasil poderá manter seu acordo com o Covax, que prevê fornecimento de 42,5 milhões de doses ao longo de 2021. A expectativa é de recebimento de 10,6 milhões de doses ainda no primeiro semestre”, explicou o relator.

A chegada das doses do Covax, aliada às outras estratégias de vacinação já em andamento, devem garantir a imunização de 10% da população brasileira. Segundo Marcos Rogério, ampliar o acesso à vacina no menor tempo possível é fundamental neste momento em que estamos vendo o número de casos crescer exponencialmente no País. “Com o aumento da imunização contra a Covid conseguiremos mitigar os impactos da pandemia sobre a saúde pública, além das repercussões sociais e econômicas atualmente enfrentadas”, ressaltou o senador.

Desde o início da pandemia, o Brasil já registrou mais de 10,6 milhões de pessoas infectadas pelo novo coronavírus. Atualmente, atingimos a triste marca de mais de 257 mil mortes pela doença. “O momento é difícil, mas com trabalho e união iremos superar essa pandemia”, concluiu o senador.

Envie seu Comentário

 

Comentários

    Seja o primeiro a comentar

Envie Comentários utilizando sua conta do Facebook