TRE nega liminar a Melki Donadon para concorrer nas eleições deste ano

Ao negar a liminar, o magistrado mandou intimar a Procuradoria Regional Eleitoral para que se manifeste no processo

Tudorondonia
Publicada em 08 de agosto de 2022 às 08:23
TRE nega liminar a Melki Donadon para  concorrer nas eleições deste ano

O juiz Clênio Amorim Correa, do Tribunal Regional Eleitoral de Rondônia, indeferiu pedido de liminar em ação de revisão criminal impetrada pelo ex-prefeito de Vilhena, Melki Donadon. Ele pretende disputar as eleições deste ano, mas está inelegível devido à condenação criminal. 

Donadon entrou com a revisão criminal, com pedido de antecipação de tutela (liminar), contra condenação  à pena de 1 (um) ano de reclusão e ao pagamento de cinco dias-multa; sendo, posteriormente, substituída por uma restritiva de direitos , consistente no pagamento de multa fixada no valor de R$ 2.000,00 (dois mil reais), destinada a entidades com finalidade social .

O político vilhenense  foi denunciado pela prática do crime de falsidade ideológica, pois,  ao realizar o protocolo de seu Requerimento de Registro de Candidatura (RRC) nas eleições do ano de 2012, quando concorreu ao cargo de Prefeito, constou a grafia errada de seu nome nas certidões do Tribunal de Justiça de Rondônia,  faltando uma letra.

Ao negar a liminar, o magistrado mandou intimar a Procuradoria Regional Eleitoral para que se manifeste no processo. Só então haverá julgamento do mérito. 

Por enquanto, Melki Donadon continua inelegível para as eleições do próximo dia 2 de outubro.

Envie seu Comentário

 

Comentários

    Seja o primeiro a comentar

Envie Comentários utilizando sua conta do Facebook