Sintero discute com Iperon retroativo do Piso dos Aposentados

O Iperon justificou o atraso da implantação do retroativo dos professores enquadrados na Lei 680/12 devido a não existência orçamentária para 2019

SINTERO
Publicada em 04 de dezembro de 2019 às 16:31
Sintero discute com Iperon retroativo do Piso dos Aposentados

O Sintero, representado pelo secretário de Aposentados e Assuntos Previdenciários, Nereu Jose Klosinski, esteve em reunião com a Diretora de Previdência Universa Lagos, para tratar sobre o pagamento do retroativo do Piso dos Aposentados.

O Iperon justificou o atraso da implantação do retroativo dos professores enquadrados na Lei 680/12 devido a não existência orçamentária para 2019.

Em relação aos professores que foram para o quadro federal (transpostos) e que retornaram para o Estado, foi argumentado que a dificuldade é em função da grande demanda que o Iperon tem, em contrapartida o número de pessoal é reduzido e, neste caso há necessidade de fazer os cálculos de forma individual.

Diante disso, ficou acertado que o Iperon pagará com abertura do orçamento de 2020, que deve acontecer na folha de janeiro, o retroativo dos professores aposentados que receberam os 4,17% no contracheque desde outubro e que está pendente apenas o retroativo.

Para os professores que foram transpostos e voltaram ao Estado, o Iperon iniciará os cálculos em janeiro. Porém, começará o pagamento a partir de fevereiro de 2020, sendo que neste cálculo estarão incluídos o retroativo de 2019, bem como as pendências que ficaram de junho a outubro de 2018.

Envie seu Comentário

 

Comentários

    Seja o primeiro a comentar

Envie Comentários utilizando sua conta do Facebook