Sistema de ônibus pode ter passagem congelada em 3 reais

Outra informação importante: como as tarifas vão custar 1 real por três meses; 2 reais por outros três meses e 3 reais em novembro e dezembro, a Prefeitura pode manter algum tipo de subsídio à empresa, para que as passagens continuem custando os mesmos 3 reais, durante o ano que vem

Sérgio Pires/Foto: Divulgação
Publicada em 09 de abril de 2021 às 08:32
Sistema de ônibus pode ter passagem congelada em 3 reais

“O maior inimigo é o pirata. É gente que sai de casa e pega pessoas nas paradas, ilegalmente, tirando os passageiros dos ônibus. Esse tipo de ação é que pode acabar com o sistema do transporte coletivo”. Numa explicação sobre motivos pela interferência da Prefeitura no sistema, incluindo a tarifa zero neste mês de abril, o prefeito Hildon Chaves fez uma longa explanação no programa Papo de Redação, com os Dinossauros do rádio e da TV, na Rádio Parecis FM, nessa semana. Deixou claro que, sem o subsídio à empresa que atende a Capital e sem combater os piratas, entre outras medidas, Porto Velho ficaria sem transporte coletivo, deixando principalmente as pessoas mais carentes (deficientes, cadeirantes, idosos), sem como se deslocarem gratuitamente. Outra informação importante: como as tarifas vão custar 1 real por três meses; 2 reais por outros três meses e 3 reais em novembro e dezembro, a Prefeitura pode manter algum tipo de subsídio à empresa, para que as passagens continuem custando os mesmos 3 reais, durante o ano que vem.  

Envie seu Comentário

 

Comentários

    Seja o primeiro a comentar

Envie Comentários utilizando sua conta do Facebook